Acrescida

para-site

 

Já não sou uma, sou três.

Além de mim estão aqui dois outros risos,

duas outras vidas…outras histórias.

Tenho uns cachinhos castanhos, um olhar curioso,

Tenho perguntas que surpreendem inteligente

um riso feliz, novo… gostoso

como não lembro de mim.

Além disso, tenho dois olhos azuis, espertos

moleques… manhosos…

Que bagunças que faço! Não paro um minuto…

não tenho cansaço.

Estão dentro do peito a todo minuto

os risos, os carinhos, os abraços,

…mamãe eu te amo! dos cachos…

uns beijos melados, apertados

dos olhos azuis sem cansaço.

Não me reconheço sem eles.

São quase tudo que quero e que faço.

Não tenho saudade de antes,

porque me faltavam pedaços.

Sorridentes acenam com beijos à breve despedida.

E a vozinha dela prende na minha garganta:

– ainda bem que você volta logo, né?

Meu coração se atira em direção à janela;

e quanto mais se afasta, menor fica.