Alisa

C-_Users_user_Desktop_Sem-Título-1

 

Essa aridez
Esse pano de fundo que não vira
Essa mesmice empedernida
Atávica …prurida

A barba de longe é lisa
Mas de perto…a pele recém barbeada
é lisa…alisa!…

O asfalto visto do alto é liso
Mas de perto, se caio, se rolo,
Me ralo… é ralo!

A pele que avisto lisa
Se esbarro, é chama e poro
Me queimo…me valho!

A dor vista de longe é pouca
Mas na pele que rola no asfalto
Se rala
E na pele que queima, arde
É dor…
Desconhece atalho.

Sônia C. Prazeres