Brotando

 

foto

Já anda o som do vento perfumando as odes,
As pautas dos poetas, e a vida aponta… eclode!
Já voa perfumoso o beija-flor de suas asas,
E o sonho que ele empresta, iluminando as casas.

O sol estende ouro em tudo que se expõe e abraça
E o brilho colorido dos luzires, borboletas estilhaça;
Grita aos olhares a magia cintilante, vasta e derivada
Do lide das raízes escondidas e de sementes imoladas.

Fortuna! Irradia-se um rumor feliz na pradaria
E a pastagem se deleita preguiçosa no frescor do dia,
Como se a vida continuasse assim, constantemente.

Ventura! ainda há árvores de sombra aconchegante
Fazendo o coração, lembrar a todo instante,
Que amor é dom, que brota primavera eternamente.